segunda-feira, 23 de fevereiro de 2009

Opiniões



As conversas entre eles fluem normalmente e é muito engraçado vê-los a construir respostas e a encadear raciocínios.
O Igor chegou à sala com uma pergunta nova: "Porque é que os dentes caem?"
Os amigos, que aquela hora estavam no tapete, juntaram-se num círculo pequenino e foram respondendo à pergunta:
- Se calhar é porque têm cáries. -Disse o Ibraíma
- Não, eles não têm cáries. Eles caem porque não querem ter cáries. - Concluiu o Rodrigo
- Eles caem porque já estão a ficar velhotes. - Disse a Lia
- Eles caem porque são de leite. - Disse o Leonardo
- Eu acho que não é assim. Eles caem porque a nossa boca está a crescer muito, os dentes de leite são muito pequeninos e quando formos grandes, vamos ter uns dentes grandes como os do meu Pai. Para os dentes grandes nascerem, os pequeninos têm que cair. É por isso que os dentes caem.
É isso mesmo Leonor!!!

sexta-feira, 20 de fevereiro de 2009

Semana da Ciência - A Água


Mesmo antes do carnaval, vivemos mais uma semana da ciência, desta vez sob o tema da água.
Eles gostam muito destas semanas diferentes, em que aprendem muitas coisas.
Explorámos o ciclo da água, descobrimos as propriedades da água, aprendemos para que serve a água, a importância da água na nossa vida, o que fazer para a preservar. Explorámo-la com os nossos sentidos, fazendo experiencias de cor, de som, de tacto, de sabor, de olfacto. Por fim cozinhámos com água.
Foi um sucesso e eu acho que eles nunca mais se vão esquecer.
Querem ver como foi?

quarta-feira, 18 de fevereiro de 2009

Carnaval






Ainda não posso estar muito tempo sentada ao computador mas, com o Carnaval já à porta, não posso deixar de publicar as canções que o Igor, mais uma vez, cantou para nós.
Bom Carnaval para todos!
...Eu, por agora, vou ficando em casa a fazer ponto cruz, pois desta vez não me posso dedicar ao Power Point...

segunda-feira, 16 de fevereiro de 2009

Momentos menos bons...


A nossa vida é assim, feita de momentos que podem ser fantásticos, plenos,
inesquecíveis,gloriosos, eternos e também alguns menos bons. Foi o que me aconteceu nestes dias. Um momento menos bom que me afastou de vós. Felizmente já passou e eu estou de volta. Vou ler os vossos "desafios" com a mesma ansiedade que as crianças abrem as prendas no Natal...
Que bom que estou de volta!
Luz

segunda-feira, 9 de fevereiro de 2009

Moda...


Nesta moda das cadeias de selos, uma moda que nos invade e nos deixa impotentes perante o imenso fluxo de prémios, selos e afins, que de tão vasta chega a ser poluente e, como o blogue Pequenos Passos pretende ser, acima de tudo, um elo de ligação com as famílias das crianças, já há muito tempo que decidi enviar os selos para um cantinho do blogue onde, aqueles que cá entrem, não tropecem logo neles, mas que lhes possam ter acesso caso queiram.
Hoje, porém, tive finalmente um prémio que gostei de receber pois, não é um prémio vulgar, mas um desafio. Foi-me atribuído pelo Vítor Cintra do blogue Um Poema de Vez em Quando e consiste na escrita de um texto a partir de uma frase. As regras são:
1 - agarrar o livro mais próximo;
2 - abrir na página 161;
3 - procurar a 6ª frase;
4 - colocar a frase completa no blogue;
5 - produzir um texto a partir dessa frase;
6 - repassar a "tarefa" para 5 pessoas.
Neste momento estou a ler o livro de Isabel Stilwel "Catarina de Bragança" e na 6ª linha da página 161 diz assim: "O espírito prático da minha mãe sobrepunha-se a tudo o resto". O texto produzido a partir dessa frase foi o seguinte:
“O espírito prático da minha mãe, sobrepunha-se a tudo o resto” - pensava e, enquanto se olhava no espelho,as memórias da mãe surgiam, uma a uma, sem parar. Lembrava-se de cada gesto, de cada som, de cada momento. E a mãe, tinha a certeza, nunca perderia o seu tempo a olhar para o espelho. Amava demasiadamente a vida para gastar muito tempo a olhar para si. O mundo à sua volta era a sua verdadeira paixão...

Os blogues a quem passo o desafio são: Jardim do Cruzeiro, Pequenas Flores Azuis, O Jardim dos pequeninos, O Jardim da brincadeira e Pequenos patifes e Arrumadores de Palavras.
Cá fico à espera de novidades.

sábado, 7 de fevereiro de 2009

Amigos...


Aqui fica a canção que o Igor nos ensinou, para celebrar o dia dos amigos.




Ser amigos é tão bom
É uma emoção
tenho sempre os meus amigos
No meu coração.

Jogo à bola, faço rodas,
sempre sem parar.
A amizade é tão bom,
Que me faz sonhar...

quinta-feira, 5 de fevereiro de 2009

De Mãos Dadas com a Matemática

A matemática continua a fazer parte integrante da nossa rotina no Jardim de Infância.
Hoje estivemos a brincar aos aniversários, na casinha das bonecas. Comemos bolo a fingir, demos prendas a fingir e distribuímos doces a fingir. Mas fizemos contas mesmo a sério, classificámos a sério e seriámos a sério. Arrumámos as loiças segundo propriedades comuns, como cor, tamanho, espessura, forma e foi uma "trabalheira" sem fim.
Eles adoram este tipo de actividade.
A matemática está de tal modo presente na nossa vida que, quando estávamos em tempo de actividades livres, o Rodrigo Almeida e o Igor foram buscar os animais de triagem e criaram ele as suas próprias situações problemáticas. Querem ver?