terça-feira, 2 de novembro de 2010

Pão por Deus!...


O dia foi de festa!Chegámos com os nossos saquinhos de pano e preparámo-nos para sair. A mãe do Rafael que foi muito simpática e nos acompanhou nesta actividade, trouxe-nos um saco cheíinho de broínhas do Pão por Deus, que estavam recheadas com frutos secos e cheiravam a erva doce. Cheiravam tão bem que a Matilde Queiroz passou a manhã a cheirar o seu saquinho e a desejar comê-la.
Andámos muito, cantámos ainda mais, e fomos acolhidos por todos com muito, muito carinho. E eles portáram-se como gente grande, sem implicar, sempre de mão dada, cuidando dos amigos e com muito cuidado a atravessar as estradas.
Para as pessoas que nos receberam um imenso obrigado pelo carinho e pala atenção com que nos receberam.
Um obrigado também para a nossa Ivoninha que é uma aliada de peso e para a mãe do Rafael, que foi uma ajuda preciosa. Foi muito bom estar consigo!
E aos meninos muitos parabéns por se terem portado tão bem. Estou mesmo muito orgulhosa destes meninos crescidos!

Foi um belo dia!!!

video

4 comentários:

teresa disse...

Parabéns,Luz...pela actividade,o comportamento das crianças e o manter vivas as tradições!
Bjs Teresa Rebelo

Laura Rodrigues, Ed. disse...

Olá Luz!
Esta é a nossa verdadeira cultura, esta é a cultura do nosso país.
Parabéns por mais uma vez incentivar famílias, e partilhar com todos nós o seu magnífico trabalho.Infelizmente por motivos de saúde não pude fazer o mesmo, mas...deixei o meu testemunho de quando era pequenina. Espreite se puder!
Com estima
Laura Rodrigues

M. Jesus Sousa (Juca) disse...

Que bom que deve ter sido... até parece que sentimos o cheirinho das broínhas de pão-por-Deus que a mamã do Rafael preparou!
Que sorte, mas é mesmo assim, vocês merecem.
Bjs, Juca e Sala Fixe

Margon disse...

Parabéns por mais uma actividade muito bem sucedida.
É uma pena que se deixem perder as nossas tradições seculares. Segundo a Wikipédia, esta actividade é principalmente realizada nos arredores de Lisboa,para relembrar o que aconteceu no dia 1 de Novembro de 1755, aquando do terramoto de Lisboa, em que as pessoas que viram todos os seus bens serem destruidos na catástrofe, tiveram que pedir "pão-por-deus" nas localidades que não tinham sofrido danos.
É só uma curiosidade para quem desconhecia.
Beijinhos para todos