quarta-feira, 30 de novembro de 2011

É preciso ser muito crescido...

Na nossa sala há um ursinho de peluche. Já é um ursinho muito velhote, pois já tem 51 anos, mas é castanho, fofinho e é um daqueles ursinhos que quando se agarra parece que nos quer abraçar. Alegrou a minha infância e a infância da minha filha e, como detesta estar sozinho, já algum tempo que vive na nossa sala.
É um urso muito mimado, pois tem um guarda roupa e, para não ficar sozinho na sala, todos os dias vai dormir a casa de uma das crianças. Quem o leva tem também a obrigação de cuidar dele no dia seguinte, tarefa que eles fazem com muita alegria, muito empenho, muito cuidado e que por nada deste mundo delegam noutra criança da sala.

Hoje porém, aconteceu uma coisa que me comoveu e ao mesmo tempo me encheu de orgulho. Hoje o ursinho estava ao cuidado da Margarida, que é uma menina muito crescida e muito responsável. Ela estava  muito feliz, pois tinha esperado muito tempo por este dia que finalmente tinha chegado. Porém hoje, o Gustavo Cordeiro chegou à sala um bocadinho triste. Há uns dias que, por um motivo nada agradável, não pode estar com a mãe e está triste e um bocadinho fragilizado. Por isso chora com facilidade e está um bocadinho dependente dos adultos. Hoje, mais uma vez, ao entrar na sala se aninhou ao meu colo e eu deixei-o ficar, o que intrigou os amigos. Para evitar confusões, disse às outras crianças que hoje tínhamos que ser muito cuidadosos com o Gustavo porque ele estava a precisar muito de miminhos. Então a Margarida levantou-se pôs o ursinho ao colo do Gustavo e disse: - Toma, hoje ficas tu com ele. Acho que precisas mais do que eu! Quando já não estiveres triste logo fica para mim!...
Grande Margarida! É preciso ser-se muito crescida para conseguir abdicar de um momento que se desejou tanto e cedê-lo a um amigo ! Estou mesmo muito orgulhosa de ti!

9 comentários:

Pequenos Notáveis disse...

Que lindo!!!
Seus pequenos são muito amados.
Parabéns Luz, por tanta dedicação e carinho, suas palavras enchem o coração de quem ama a educação como vc!

M. Jesus Sousa (Juca) disse...

É mesmo, a Margarida está de parabéns por ser assim tão crescida e solidária.
E de parabéns está também a educadora, por mais esta prova de uma imensa sensibilidade...
Que sorte vocês têm na vossa sala, por haver pessoas especiais assim!

Bjs, Juca e Sala Fixe

Gabriela disse...

Faço minhas as palavras da Juca.
Beijinhos enormes
Gabriela

Lenita disse...

A Margarida, a Luz e o ursinho deixaram-me de lágrimas nos olhos...muito lindo o amor que se distribui tão generosamente nesta sala. Bjs

sorrisos disse...

As crianças por vezes conseguem surpreender-nos a sua grandiosidade e capacidade de partilhar.
Parabéns, este é o reflexo e o resultado do trabalho realizado por uma pessoa muito especial
Um grande beijo para todos

Rita Neves disse...

Maravilhoso! Parabéns à Margarida e à Maria da Luz por nos ajudarem a formar grandes Seres Humanos.

Isabel Preto disse...

Querida Luz:
que ternura, tudo o que acabas de descrever! São momentos desses, que nos enchem a alma. Lindo! Força para o Gustavo e parabéns à Margarida...e, já agora, o "teu" ursinho tem muita sorte, por continuar a ser assim mimado.
Beijos grandes.

Xinha disse...

Amor é...tudo isto! Lindo!

Carla Dias disse...

Fiquei muito emocionada com tanta sensibilidade ... quer nas palavras de quem as descreve como nas ações de quem as pratica ! É a dedicação da Maria da Luz e a solidariedade da Margarida que me fazem acreditar ... Obrigada pela partilha desse momento tão especial !