terça-feira, 3 de novembro de 2009

Reviver tradições...



Ontem foi dia de Pão por Deus. Como foi domingo, combinamos com os nossos pais, com alguns amigos e hoje fomos ao "Pão por Deus". Foi muito divertido. Querem saber como foi? Então venham daí connosco...

7 comentários:

Isabel Preto disse...

Que dia em cheio, tiveram estes meninos. Sabiam que nunca tinha ouvido a expressão:" Pão por Deus"?
Beijinhos

Juca disse...

Tradições que não conheço - Pão por Deus e Dia do Bokinho - aqui no norte, mas que parecem muito interessantes...não querem explicá-las melhor?

Beijinhos

Xinha disse...

Pensei que "Pão por Deus" fosse pelo país inteiro...em Lisboa, onde vivi sempre, não se pedia "Pão por Deus", a não ser as crianças pobres, mas no meio rural todas as crianças pedem "Pão por Deus" e é bem divertido.

Em Portugal, no dia de Todos os Santos, de manhã bem cedinho, as crianças saem à rua em pequenos grupos para pedir o "Pão por Deus".

Passeiam assim por toda a povoação e ao fim da manhã voltam com os seus sacos de pano cheios de romãs, maçãs, doces, bolachas, rebuçados, chocolates, castanhas, nozes e, às vezes, até dinheiro!

Há povoações em que se chama a este dia, o "Dia dos Bolinhos".

Anabela disse...

Dava tudo pra ser pequenina outr vez.....
Bjs minha LUz

Sala Azul do J.I.Vasco da Gama disse...

É optimo que não se deixem morrer as tradições. Com estas partilhas vamos conhecendo costumes que não conheciamos. Eu também nunca tinha ouvido falar no "pão por Deus"

Beijinhos Cristina

Maria da Luz Borges disse...

Juca e Cristina
Esta é uma tradição que existia nas aldeias saloias quando eu era criança. Penso até que é uma tradição da Estremadura e Ribatejo.
O dia do Bolinho é uma tradição da zona de Leiria (Batalha e Ourém). No Norte, nomeadamente em Gondomar as sogras fazem as primeiras rabanadas do ano e oferecem-nas às noras. pelo menos a minha sogra mantem a tradição que diz ter herdado da sogra e das gerações anteriores.
O "Pão por Deus", como a Xinha diz, pedia-se no dia 1 de Novembro, que segundo o calendário da Igreja é o Dia de Todos os Santos, e por isso se chama "Pão por Deus". Nalgumas aldeias dos arredores de Lisboa ainda se mantem e embora comece a ser substituida pelo "Doçuras e travessuras" do Hallowen, algumas crianças contam que foram ao pão por Deus com os pais e uma delas até referiu que lhes tinham dado "couves, batatas bacalhau e um chouriço".
É com emoção que penso nos pão por Deus da minha infância e em como me sentia feliz com as castanhas, os figos passas, um ou dois rebuçados e cinco ou dez tostões. E fiquei feliz quando vi a alegria e expectativa com que eles olharam para as suas "recolhas". E os saquinhos acompanharam-nos durante toda a semana e eles foram desfrutando os seus doces com muito, muito prazer.
E agora querem contar-nos as vossas tradições?
Um abraço
Luz

Sala 2 disse...

Gostei muito, Luz ! Eu também não costumo comemorar o "Dia das Bruxas", na "guerra" entre o "Dia das bruxas" e do "Pão por Deus" gosto mais do "Pão por Deus", acho mais Português e menos consumista ...apoiada a 100%! beijinhos! Estela