quarta-feira, 25 de abril de 2012

Sou especial porque...

A ideia não é minha, é da educadora Magda e da Drª Raquel do CAF (componente de apoio à família). É muito gratificante quando se trabalha com uma equipa que tem connosco um objetivo comum: ir ao encontro das necessidades e interesses das crianças, e mais do que agarrar-se a teorias que nem sempre resultam e guardar as suas ideias no segredo dos deuses, ou numa caixinha só sua, as põe em comum e em prática , tendo em mente principalmente o bem estar das crianças. "O que eu quero é que eles sejam felizes", dizia o grande Sebastião da Gama quando se referia aos seus alunos. Pois este também tem sido o nosso lema ao longo destes dois anos de trabalho. Talvez seja por isso que vai correndo tão bem.
"Sou especial porque", é uma boa forma de trabalhar a auto estima. E eles são mesmo especiais... Em poucas palavras conseguem mostrar bem as suas principais características, confirmadas depois pelos amigos. Bonito e simples, comovente e verdadeiro. Sim, eles são mesmo muito especiais

3 comentários:

Teresa e Helena disse...

Adorei a ideia, Luz! Fantástico mesmo!
Parabéns pelo excelente trabalho de equipa e um beijo grande
Teresa Rebelo

M. Jesus Sousa (Juca) disse...

Acredito que sejam todos especiais e fixes... e a educadora deles também!

Bjs, Juca e Sala Fixe

Rita Neves disse...

Maravilhosa ideia. O treino de competências pessoais e sociais pode, sem dúvida, influenciar o desenvolvimento integral de uma criança. Sempre que uma escola opta por praticar o treino de competências é de valorizar, multiplicar e disseminar. Aguarda-se o dia em que o sistema educativo desperte de forma global para a importância do treino de competências enquanto competências para a vida. Beijinhos