domingo, 9 de dezembro de 2012

Menino...

Menino dormindo,
Silêncio profundo.
Benvindo, benvindo,
Salvador do mundo.

Noite. Noite fria,
Mas que linda é!
De um lado Maria,
Do outro José.

Um anjo descerra,
A ponta do véu...
E cai sobre a terra,
A imagem do céu!

Pedro Homem de Melo

3 comentários:

Teresa Rebelo disse...

Luz, adoro este poema...aprendi-o na antiga escola primária, em Angola, quando tinha 10 anos!Nunca o esqueci e já lá vão 37 anos!
Bom trabalho e bjs nossos

Alda disse...

Que lindo, realmente as coisas mais simples são efetivamente as mais belas.
Beijos

As Pequenas Flores Azuis disse...

Olá Luz:

Que poema e imagem tão lindos!

Tens uma sensibilidade incrivel.

Beijinhos grandes e votos de Feliz Natal.

Cristina e Flores Azuis