terça-feira, 19 de outubro de 2010

Para susto chegou!!!

Nem tudo no Jardim de Infância são rosas...

Normalmente os dias são calmos, harmoniosos, felizes, mas há dias que são ilhas...

Hoje tive um dia desses. Acho que em 32 anos de trabalho em Jardim de Infância, nunca tinha apanhado um susto tão grande!

Na nossa sala somos mesmo amigos. Gostamos de estar juntos, divertimo-nos, aprendemos muitas coisas, brincamos e uma das coisas que este ano se faz muito entre as estrelinhas é Partilhar. É muito bom vê-los pensar nos outros e não é raro ver um deles chegar com um miminho para partilhar com os colegas, o que é um consolo para o coração e um orgulho para qualquer Pai ou Educador. Porém, por vezes "os miminhos" são tantos, que a bem da saúde temos que os guardar por um tempo e distribuí-los mais tarde.

Pois foi isso que aconteceu. Eles hoje tiveram tanto juízo, e têm comido tanta fruta que eu achei que finalmente podia dividir os rebuçados de morango que estavam guardados desde Setembro. E foi em ambiente de grande festa que a distribuição foi feita e os rebuçados desapareceram rapidamente dentro das suas boquitas gulosas. Só que foi tão rapidamente que o João, uma das crianças mais novas da sala, se engasgou. O que nos valeu não sei, e nem sei bem o que fiz, e nem sequer me passaram pela cabeça as aprendizagens das formações de primeiros socorros que me vou impondo de vez em quando. Só sei que virei o João de cabeça para baixo, lhe dei umas pancadinhas nas costas e o rebuçado lá saltou. Mas para susto chegou, e para lição de vida também. Rebuçados e doces duros nas minhas salas, nunca mais. Acho até que, a partir de hoje, não haverá doces nenhuns. Fazem mal à saúde dos meninos, e são péssimos sobretudo para o coração das Educadoras.

E o João? O João chorou muito coitadito. De susto, de dor de garganta e ofendido comigo que o pus de cabeça para baixo e lhe bati nas costas... Pobre João, tão pequenino...
À mãe do João um imenso obrigado por ter vindo tão prontamente e sobretudo pela calma e pela lucidez que demonstrou quando chegou à escola.  Para mim foi uma segurança, e para o João foi óptimo. É que nos maus momentos, colo da Educadora é bom, mas o único colo que tem o condão de curar todos os sustos e as maleitas é, sem sombra de dúvida, o colo mágico da mãe!

8 comentários:

Gabriela disse...

Uff! Que susto...já passou mas acontece e é nesses momentos que temos de ter a lucidez suficiente para fazer o mais correcto e felizmente foi o que aconteceu. Parabéns Luz, João e companhia e os bombons fazem mal à saúde ponto final.
Beijinhos
Gabriela

Isabel Preto disse...

Oh, Luz, realmente pasaste um grande susto! Até me deixaste preocupada ao ler o título mas felizmente, tudo terminou bem.
Por vezes, temos de ser socorristas, mães...esquece esse dia e mima o João.
Beios grandes.
PS: cheia de trabalho, na escola tudo a crrer bem, este ano, apesar de tanto trabalho...em casa, não houve alterações...

Alda disse...

Há que ter sangue frio e discernimento nestas situações, o que não é nada fácil. Ainda bem que nada acabou mal.
Beijinhos da Alda

M. Jesus Sousa (Juca) disse...

É, às vezes as crianças pregam-nos uns sustos assim... ainda bem que nãop passou disso!
As melhoras para o João e os parabéns para a sua educadora, que soube como intervir, e para a sua mãe, que soube como reagir.

Bjs, Juca e Sala Fixe

Anabela Santos disse...

Ainda bem que tudo passou e que o João e a Luz já recuperaram do incidente.
E ainda bem que partilharam este alerta, porque nenhuma de nós está livre de apanhar tamanho susto.
Beihinhos para todos, especialmente para o João.

Prof. Anabela
BLOGando na Escola

Cristina Lares disse...

Ufa!! Que susto!!!
As vezes, no meio do desespero chega-nos uma calma quase mágica. Também já apanhei um grande susto, sei por isso do que falas.
Bjitosss

Rita disse...

Foi um susto, mas já passou!

Obrigada à Educadora Maria da Luz pela acção rápida e pelo telefonema que me permitiu ir buscar o João e enchê-lo de miminhos!

Só tenho a dizer que podia ter acontecido em casa, na escola ou até numa festa de aniversário em que no meio da confusão ninguém tivesse reparado! Um grande Uff! Felizmente estava lá a Educadora experiente que prontamente deu socorro e colinho!

Beijinhos e mais uma vez obrigada!

Rita (Mãe do Joãozito)

mystepstones disse...

Deve ter sido de facto um grande susto !!! Mas grandes lições de vida, de sustos são feitas :)

Felizmente tudo acabou em bem, e bem vistas as coisas, uma situação destas pode acontecer com qualquer coisa. Fico (ainda mais) descansado pela reacção da Luz que mostra ter incutidos debaixo da pele todos esses treinamentos que tantas vezes julgamos pouco importantes, mas que na realidade, se servirem uma só vez, valerão todo o esforço investido.

Rui