sábado, 24 de abril de 2010

Alerta como um felino, delicada como um cristal...




Dia a dia vamos aprendendo, descobrindo e recomeçando com os sucessos e os erros. Esta é uma das maravilhas da nossa profissão, que está muito longe de ser estática ou rotineira.
E sexta-feira aprendi mais uma grande lição. Aprendi que, quando se tem o privilégio de trabalhar com crianças, temos que ser delicados como cristais, estar alerta como felinos, estar atentos a cada momento, que é único e essencial para todos aqueles momentos que se lhe irão seguir.

Sexta-feira fui visitar a Matilde.
Estava cheia de saudades e achei que já não conseguia esperar mais.
É que a Matilde partiu um pé e há uma semana que não vinha à escola. Por isso peguei na nossa estrelinha que ela adora, num livro porque era o dia mundial do livro, nalguns trabalhos e lá fui eu.
Encontrei a Matilde de pé esticado, muito bem-disposta, a ver a Rua Sésamo. Conversámos, brincámos e por fim veio à conversa as letras. É que ultimamente, a Matilde anda fascinada pelas letras e faz constantemente "filas e filas" de letras que pede para lhe ler.
Parece que na Páscoa, quando os avós chegaram, a Matilde os brindou com as suas "fiadas" de letras, que eles, com aquela sensibilidade que só os avós sabem ter, "leram" e deram significado à escrita e depois de toda a família ter lido as "mensagens" da Matilde, ela levantou os braços e gritou entusiasmada: -Já sei escrever, viva, já sei escrever!!!
Só depois de ouvir esta história que a mãe me contou, eu percebi o porquê de, nos dias logo a seguir à Páscoa, a Matilde ter aumentado a sua produção de "filas" de letras e os pedidos de tradução das mesmas. Ainda bem que, em vez de dizer que não conseguia ler o que estava escrito, ou o tão comum "agora não Matilde", me saiu pela boca fora: "Ai Matilde, esqueci-me dos óculos e estou tão "pitosga" que não consigo ver o que está aí está escrito!"...
De onde veio a resposta não sei, só sei que estou feliz por ter surgido, pois se tivesse respondido com a lógica dos adultos, tinha destruído um belo sonho de criança!

4 comentários:

M. Jesus Sousa (Juca) disse...

É mesmo!
Mas uma resposta como essa só tu a poderias ter dado,com toda a sensibilidade de uma grande profissional...
As melhoras para a Matilde e muitos progressos na escrita de filas de letras!
Bjs para todos,
Juca e Dala Fixe

Ro... disse...

Essa fase é mesmo uma delícia! As descobertas que impulsionam a aprendizagem...Parabéns pelo seu blog, ele é simplismente divino!
Beijinhos carinhosos de Nice e RÔ.
Venha brincar com a gente em http://brincadeirasdeprofessor.blogspot.com

rosarinho disse...

Realmente o que há de maravilhoso nesta profisão é que estamos sempre a aprender, com os grandes, com os pequenos, apenas temos que manter a mente aberta e o coração à escuta. Mais uma vez obrigada por partilhares a tua sensibilidade, a tua Luz.
beijos dos fofos e da Rosarinho

Isabel Preto disse...

Luz:
esta mensagem, faz pensar...realmente, quantas vezes, sem nos darmos conta destruimos esses sonhos de meninos inocentes!
Vou estar mais alerta.
Beijinhos.
Melhoras para a Matilde.