sexta-feira, 21 de novembro de 2008

Letras e jornais...


Eles continuam intrigadíssimos com as letras e elas surgem por todo o lado.O Rodrigo escreve palavras, a Lia e o Leonardo filas de letras sem fim. O Igor quase que escreve frases, e o Rodrigo Simões, que é do grupo dos pequeninos, no meio de tanto entusiasmo, começa a rabiscar o nome.
E eu fico espantada com as descobertas e orgulhosa com as conquistas.
Hoje falámos de jornais. Quando perguntei se eles sabiam o que é um jornal e qual a sua função, as respostas surgiram prontas:
-Quem lê o jornal é o avô.- Diz o Rodrigo Machado
-O meu pai também lê, porque o jornal traz notícias do sporting.-André
-O jornal é feito por muitas letras que se podem ler- Diz a Lia
Como é que são as letras que se podem ler? Então as letras não são todas para ler?-Perguntei.
-São.- diz o Igor-Mas às vezes não se conseguem ler porque só escrevem coisas malucas.
- Para se lerem têm que estar muito juntinhas, mas juntinhas aos bocadinhos. Se não estiverem aos bocadinhos, não se podem ler porque não dizem nada, como aquelas que eu às vezes escrevo e tu não consegues ler.-Leonardo
-Quem sabe o que é que está escrito no jornal?-Pergunto
-Eu sei. Acho que os jornais falam igual ao telejornal. Dizem a mesma coisa. Mas só os pais e as mães é que gostam do telejornal. As avós não gostam muito. -Leonardo
-Eu acho que o jornal tem notícias do futebol.Quando o meu pai lê essas notícias fica sempre a discutir com os amigos. Eu não gosto que ele leia o jornal.- Igor
-A minha mãe é que lê o jornal. O meu pai só vê televisão. - Mariana
-Ó Mariana, tu estás enganada! Os pais é que lêem o jornal. As mães só lêem revistas -Leonardo
-O meu pai lê noticias do Benfica- Diz o Christ
-O Alex é do "Bichica"(benfica) - Alex
São um espanto, não são?

4 comentários:

Educadora de Infância disse...

Já tive oportunidade de comentar esta "notícia" que saiu no "jornal" (blogue) da vossa sala na @rcacomum:
Parabéns meninos da Brandoa, vocês estão a ficar muito "letrados";

Qualquer dia já podem comunicar com os vossos amiguinhos do Jardim de Cruzeiro por escrito, através de carta, pois também cá temos alguns leitores e escritores bem precoces...

Quando puderem dêem uma espreitadela no nosso blogue, para verem o que fizemos com a história "Desculpa por acaso és uma bruxa?" que nos ofereceram...

Beijinhos e até breve.

disse...

São experiências destas que nos deixam felizes por termos a nossa profissão!

JOCAS DA Bé

Galega Encarnada 1 disse...

Parabéns aos meninos da Brandoa e à Luz que os guia.

Ádila Faria disse...

Olá Luz, já aqui tinha vindo e já aqui tinha lido o que diziam os pequenos/grandes meninos e meninas sobre as "letras e jornais". Mas, hoje, não resisti em deixar este pequeno comentário para expressar a minha admiração pela forma tão fiel e tão genuína de pensar, de dizer, de reflectir...
Parabéns à autora que deu voz a estas crianças.
Mais palavras para quê?
Beijinhos amigos, nos voltaremos.
dajaneladomeujardim